Wanda Pimentel

biografia

Porta e Capacho
vinil sobre tela
210 x 90 x 55 cm
1979

Wanda Pimentel (Rio de Janeiro, 1943) é uma pintora, desenhista, escultora brasileira. Na primeira metade da década de 1960, estudou pintura com Ivan Serpa, um dos pioneiros da arte construtiva no Brasil, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. O conjunto de pinturas, chamado Envolvimento, que teve início aproximadamente em 1968, inaugura sua trajetória artística que se inicia em paralelo ao endurecimento do regime militar ditatorial brasileiro, marcado pelo AI-5.

Segundo o crítico e curador Fernando Cocchiarale, esse conjunto de pinturas tanto marca sua identidade poética como promove desdobramentos em sua prática artística por quase dez anos. Essa primeira fase de pinturas da artista, com pinceladas lisas, chapadas, com cenas e objetos do cotidiano representados na tela, misturam, para Cocchiarale, a influência de seus primeiros anos de aprendizado com Serpa (Construtivismo), as assemblages da Nova Figuração (Antonio Dias e Rubens Gerchman), o universo icônico da Pop Art norte-americana e, finalmente, do design gráfico. Parte das pinturas da série Envolvimento foi exposta em 2015, na exposição Artevida, com curadoria de Adriano Pedrosa e Rodrigo Moura. Ainda em 2015, a artista carioca expôs 35 obras inéditas, entre pinturas e esculturas, na Galeria de Arte Ipanema, e galeria Anita Schwartz Galeria, na Gávea.

Em 1988 suas obras puderam ser vistas na novela global “Vale Tudo”, onde apareciam como se fossem de autoria da personagem Heleninha Roitmann, pintora interpretada pela atriz Renata Sorrah.